Abalando por Aí… Londres…

“Se você está cansado de Londres, está cansado da vida”… Definição fantástica de Samuel Johnson (1709-1784)

foto-1

O que traz milhares de pessoas para Londres todos os anos? Beatles, Twiggy, Lady Di, Elton John, Big Ben, Alexander McQueen, Fish and Chips, Chá das Cinco… Aqui é a mistura de tudo o que passou, o que é e o que será… Londres é cheia de maravilhosas construções, antigas e novas, cada uma com a sua história… Andar nas margens do Rio Tâmisa, passear nos grandes parques e nos grandes jardins espalhados por toda a cidade, observar pessoas de todas as tribos, de todos os lados. As pessoas chegam aos montes para assistir partidas de Tênis em Wimbledon, football em Wembley, para correr a maratona de Londres, seja para garimpar peças de antiquário na Portobello Road, fazer compras na Oxford Street, ah…existem vários motivos, várias razões para visitar Londres…

CIMG1637

De todas as metrópoles, Londres é a que demonstra nitidamente a impressão de estarmos no centro do mundo, a cidade congrega gente do todos os cantos, é um lugar onde as tendências convivem com os ecos do império.

CIMG1715

Quando vier para Londres, nada de carro, apenas um giro com os famosos táxis londrinos, os black cabs, para manter a tradição, mas use e abuse do tube, o metrô, ande a pé, de bike ou no segundo andar do double decker, o mítico ônibus vermelho.  As 8300 magrelas, que contam com 570 estações espalhadas pela cidade, e foi assim que utilizei para passear por Londres, tendo em vista que meu tempo era curto, muitoooo legal, a interação do caos, com o clima, com o povo, com a paisagem.

CIMG1673

Para visitar Londres, a maneira mais pertinente é: cabeça aberta, meio sem roteiro, por lá tudo pode mudar, passear as margens do Rio Tâmisa e deparar-se com o maior edifício da União Européia, o Shard London Bridge, com 310 metros de altura; com uma feira de livros em Southbank; se procura livrarias, vá direto à Charing Cross Road existem diversas; caminhar na Oxford Street para fazer compras na Selfridges, Marks and Spencer, Debenhams; já para pequenas compras vá direto para o Covent Garden; Nos finais de semana, as opções são para os “mercados” como o Petticoat Lane Market (aberto aos domingos) em Middlesex Street com roupas e artigos para casa. Já em Portobello Road (aberto aos sábados) é uma atração icônica de Londres, uma verdadeira mistura: roupas, comida, antiguidades, bijoux e muita bugigangas. Entre as  bancas de Westway, com opções vintage e de “primeira mão”.

CIMG1729

Existe a Londres clássica, que não se pode deixar de conhecer seus monumentos, a sua história, a sua tradição: o Big Bem, a Tower of London, a Harrods, a cerimônia da troca da guarda da rainha, a London Eye, a Abadia de Westminster, Hyde Park e Kensington Gardens, Shakespeare´s Globe, Camden Town, Parliament Hill, Catedral de St. Paul, Regent´s Park. Assim como, também é visitar museus, os acervos são de uma riqueza, de uma grandiosidade… Irei citar os imperdíveis, alguns não cobram entrada : Britsh Museum, Tate Modern , Museum of London, Natural History Museum, Victoria & Albert Museum, entre outros.

CIMG1668

CIMG1729

Harrods-London1-400x290Shoreditch, Spitalfields e Hoxton são hoje a fronteira mais Hype da cidade, é por lá que está restaurante estrelado pelo Guia Michelin, o Viajante, do Chef Português Nuno Mendes, que fica em Bethnal Green. O zip code mais legal de Londres é Dalston e, é lá que está a casa que recebe os Dj´s e bandas que eles “deduzem” que serão sucesso, a The Nest. Em Dalston, você verá uma interação, uma mistura que dá certo…Turcos, caribenhos, judeus ortodoxos, rapazes de bigodes e moças com sidecuts (cabelos raspados na lateral), essa é a cidade mais cosmopolita do mundo, tenho certeza! Na Gillet Square, vale uma pausa para o “coffee time”. NÃO PODE DEIXAR DE IR: Eleito pela REVISTA VOGUE ITALIANA como o LUGAR MAIS COOL do Reino Unido, o CAFE OTO, também faz os seus experimentalismos musicais, VALE A VISITA!!!!!

Vamos ao que VOCÊ PRECISA SABER sobre essa  A MINHA LONDRES, uma cidade especial:

  • Grandes eventos: London Art Fair (Janeiro), London Design Festival (setembro), Friez Art Fair (Outubro) e o Turner Prize (de Outubro a Dezembro). As principais liquidações ocorrem de 26 de Dezembro a meados de Janeiro e no verão europeu de junho a julho.
  • O que há de novo: Parque Olímpico; Extensão da linha
    East London; Leicester Square; Westfield Stratford City; London Bridge Quarter Project;  Ampliação do British Museum; Novo ônibus Routemaster
  • As pistas mais Prime de Londres são: Annabel´s (www.annabels.com.uk), que é um ambiente “exclusivérrimo”, frequentado por celebridades e personalidades. Só tem acesso sócios ou convidado por um para ter acesso ao Annabel´s. Outro local é o Jalouse (www.jalouse.co.uk)
  • Existia um paradigma que foi quebrado, que em Londres se comia mal…Atualmente existem restaurantes como o Locanda Locatelli (www.locandalocatelli.com) pilotado pelo famoso chef italiano Giorgio Locatelli, precisa reservar, com um cardápio de carnes e massas com toques bem inovadores e a sobremesa…ahhhh a Zuppa de chocolate branco é para matar!!!!  O China Tang (www.thedorchester.com/china-tang) é bacana com decoração inspirada em Shangai dos anos 30, e o bar do restô é point do povo da moda durante a London Fashion Week. Para degustar uma comida japonesa de qualidade em Londres, a sugestão vai para o Sake no hana (www.sakenohana.com) apresenta com toda a sofisticação o que a de melhor na culinária nipônoca. E, para fechar com chave de ouro, vale a ida ao La Petite Maison (www.lpmlondon.com.uk), favorito de Gwyneth Paltrow, um lugar para ver e ser visto, bem descontraído, voltado para gastronomia mediterrânea, excelente pedida para o almoço.
  • Restaurantes do “Mundo” que estão presentes em Londres: Nobu, Cipriani e Zuma
  • Browns (www.browsfashion.com), Vivienne Westwood (www.vivennewestwood.co.uk), Harvey Nichols (www.harveynichols.com), são lojas e vitrines que valem uma visita. Para fazer boas compras, a The Monocle Shop (www.monocle.com), que fica em Marylebone, vende malas, cd´s, roupas, pôsters, selecionados pelos editores da revista Monocle, a Dover Street Market (www.doverstreetmarket.com) é uma loja com que transforma as compras em uma experiência sensorial, tudo na loja é uma atração. Já o “must have” é ter uma peça da Asprey (www.asprey.com) uma marca tradicional em artigos de luxo customizados, são: relógios, artigos em couro, jóias e enfeites de prata, vários artesãos e mestres joalheiros ficam no andar superior esperando suas ideias para torna-las realidade.

PicCollage

Bem….depois de Londres continuo olhando, observando, traduzindo e ABALANDO POR AÍ, afinal somos apaixonadas por viagens, pessoas, culturas e histórias….

KEEP CALM AND CARRY ON…

Beijos….

azinho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s