Abalando por Aí por Taciana Leitão… O Castelo das Damas…

  Château de Chenonceau… O castelo das Damas…

Continuo eu, ABALANDO POR AI, na minha “Saga de Princesa”…kkkkk… Agora, é a vez do conhecido Château de Chenonceau, em Touraine na França… Adorei…

Ele tem uma atmosfera, uma energia diferenciada, até por que, por ele passaram sete mulheres de fortes personalidades, marcantes na história da França, entre elas, rainhas, um verdadeiro abalo!!!

Bem, Chenonceau, é um dos castelos mais famosos da região do Loire, ele surge como uma verdadeira aparição no Rio Cher, uma perfeita harmonia entre natureza e arquitetura, um dos lados do castelo foi construído sob uma ponte de 05 arcos, verdadeiro testemunho dos encantos da Touraine e do Renascimento….

O percurso para chegar ao Château tem um encanto à parte… Existe um labirinto de plantas, estilo italiano, iniciativa de Catarina de Médicis, com um pequeno pavilhão ao centro que permite uma visão geral da área, tendo na parte superior uma estátua de Vênus e, ao lado, sobre um tronco de cedro, uma estátua de ninfa carregando o deus Baco quando criança. Quando se olha ao leste, as monumentais cariátides de Jean Goujon, que são belíssimas!

 O Château é mobiliado e decorado com raras tapeçarias de Flandres do século XVI e pinturas antigas de grandes mestres como: Murillo, Le Tintoret, Correggio, Rubens, Van Loo, entre outros. ATENÇÃO: é o monumento histórico privado mais visitado da França!!!! Ou seja, acho muito que vale uma chegadinha por lá!!!! No castelo, existem dois jardins bem distintos, um “pertencia” a Catherine de Médicis, que tem uma área de “apenas” 5.500m2, requintado, contornado pelo Rio Cher, coberto de grama, com um lago, roseiras e lavandas…

O outro de Diana de Poittiers, é bem maior, com 12.000m2, são oito triângulos cobertos de grama, com um chafariz, roseiras tipo Iceberg, que são trepadeiras estão em todo entorno pelos muros, já no verão, mais de cem pés de hibiscos invadem o jardim de flores. Bem, cada um tem uma peculiaridade, são lindíssimos….

Ahhh… No entorno do Chenanceau, existe uma Reserva Natural com trilhas que se transformam, no verão, em locais disputados para piquenique.

Nesse Château, as flores, comprovam a forte presença feminina, estão por todas as partes, existe uma fazenda, um extraordinário complexo do século XVI, com uma horta, verdadeiro convite para passeio sem compromisso e o ateliê floral, onde nele trabalham dois  floristas e dez jardineiros o ano inteiro, cultivando uma centena de variedade de flores, bem como mais de quatrocentas roseiras. Elemento fundamental para o charme de Chenonceu, a decoração floral é realizada todos os dias, em cada cômodo do castelo. Dica: no inverno, todas as lareiras do castelo são acesas para acolher os visitantes!!!!! Um encanto…

Neste castelo, não se deve deixar de visitar:

A Capela, onde as rainhas assistiam à missa, dominando a nave, a tribuna real data de 1521, graças à idéia de Madame Dupin, a Capela foi preservada durante a Revolução Francesa, utilizada como depósito de lenha, para ocultar o caráter religioso…

O quarto de Diane de Poitiers, que era a favorita do Rei Henrique II, a quem o monarca ofereceu o castelo de Chenonceau, entretanto, quando o Henrique II morreu em 1559, durante um combate, sua viúva, Catarina de Médicis, fez com que Diane restituisse o castelo de Chenonceau e, em troca, lhe ofereceu o castelo de Chaumont-Sur-Loire…

O quarto das Cinco Rainhas, este quarto, faz referência às duas filhas e às três noras de Catarina de Médicis. Painéis no teto exibem o brasão das cinco rainhas, a lareira é em estilo renascentista, tapecarias de Flandres do século XVI, recobrem as paredes, além de obras de artistas, como: Rubens, Mignard e da Escola Italiana do Século XVII…

No quarto de Catarina de Médicis, painéis pintados, quadrados e dourados podem ser vistos no teto, com as iniciais “C” e “H” entrelaçadas, de Catarina e Henrique, e os outros painéis são ornamentados com motivos vegetais entalhados.

As tapeçarias de Flandres ilustram um tema bíblico: A vida de Sansão… As margens dessas tapeçarias são repletas de animais que simbolizam provérbios tipo: “Mais vale a habilidade que a esperteza”, por exemplo e a fábula: “A Ostra e o Caranguejo”. Neste aposento, encontramos a pintura sob madeira de Il Correggio, “A Educação do Amor”, existe uma versão dessa obra sobre tela, na National Gallery de Londres…

E, por fim, o que mais me ABALOU, foi o Quarto NEGRO de Louise de Lorraine…

Depois do assasinato do seu esposo – o rei Henrique III, pelo Monge Jacques Clément, Louise de Lorraine, retirou-se para Chenonceau, onde teve uma vida de recolhimento e preces. Sempre vestida de branco (a etiqueta relativa ao luto real), Louise Lorraine ficou conhecida como “a Rainha Branca”. No teto do seu quarto, foram pintadas plumas brancas – que representam as penas da alma, lágrimas de prata, pás de coveiros, cordas usadas por viúvas no brasão, coroas de espinhos e a letra grega lambda, inicial de Louise, entrelaçada com a letra êta, de Henrique III. Uma atmosferea piedosa e fúnebre circula neste aposento.

Este castelo está localizado a 214 km de Paris, 34km de Tours, ficando cerca de 02h de viagem pela Autovia A10, saída para Blois or Amboise….

Ele é aberto todos os dias do ano, com visita livre, com duração de 1 a 2 horas, com Audio/vídeo guia de 45 a 90 minutos com Ipod em 11 línguas,  oferecendo também mapas de visitação em 16 idiomas….

A loja do Château tem entrada livre, todos os dias do ano. Entretanto, os horários de visitação variam no decorrer do ano, por isso meu conselho é sempre dar uma olhada no site www.chenonceau.com e conferir…

Um verdadeiro ABALO… Lindo…  É Revigorante a beleza das flores e a Energia do Rio Cher – Château of the Ladies, “O Château francês”!!!!

 Vamos continuar ABALANDO POR AI, próxima semana tem mais novidades….

Até lá…

2 thoughts on “Abalando por Aí por Taciana Leitão… O Castelo das Damas…

  1. Achei muito interessante, Eu me chamo Renata Leitão e a minha filha Taciana. Vi o nome do site com a mistura de nossos nomes. E fui no castelo de Chanenceau com a minha filha em 2007.

    • Oi Renata,
      Que coincidência!!! Dá até para fazer uma matéria sobre as coincidências da vida.
      Eu e Taciana somos amigas, irmãs!!
      Muito legal saber disso.
      Beijo e continue nos acompanhando!
      Beijo
      Renata e Taciana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s